Orégano

Falou em orégano, pensou em pizza. Certo? Errado! Quando nos deparamos com o produto em casa não o associamos ou não sabemos de suas diversas utilidades e propriedades.

De origem mediterrânea, o orégano é uma excelente fonte de vitaminas e minerais. Mais conhecido na sua forma desidratada ele também pode ser cultivado em casa, no seu jardim, ou em vasos se você não tiver muito espaço.

Além de tempero para seu alimento ele também é usado como planta medicinal, em forma de óleo, desidratado ou naturalmente. Vamos conhecer melhor essa planta! Antisséptico, Anti-Inflamatório e contribui para a perca de peso, devido conter polifenóis. Contém Vitamina A, C, K e Complexo B, Zinco, Magnésio, Cálcio, Ferro, Manganês, Cobre, Potássio e Ômega 3.

 

Benefícios:

Perda de peso: Contém carvacrol, que pode ajudar a prevenir o ganho de peso, e também é rico em Fibras, que melhora o funcionamento intestinal, também prolongando a sensação de saciedade.

Diminui dor muscular e inflamação: pode ser usado como relaxante muscular, diretamente na pele, aplicando 1 parte de óleo de orégano e 1 parte de azeite. É só aplicar na pele e massagear.

Auxilia digestão: Atua como um “detergente”, permitindo absorção de nutrientes e eliminando gorduras, melhora a indigestão, flatulência, e sensação de estufamento.

Prevenção de gripe: Auxilia a fortalecer a imunidade, pingue de 3 a 6 gotas de óleo em um copo d’agua e tome antes das refeições, por conter timol ele estimula o sistema imunológico.

Desintoxica: Por conter Manganês, Cálcio, Ferro e Vitamina K pode ajudar a eliminar as toxinas do corpo.

Para os ossos: Cálcio, Ferro e Manganês são essenciais para a saúde dos ossos, e o orégano tem quantidades significativas dos mesmos.

Para o coração: Possui boas quantidades de Potássio, que é importante para controlar a pressão arterial e batimentos cardíacos acelerados causados pelo consumo excessivo de Sódio. Antioxidantes e Ômega 3 presentes ajudam a diminuir inflamações e colaboram para a prevenção de doenças do coração.

Benefícios para a menstruação: Auxilia a diminuir as dores causadas pelas cólicas menstruais (chá), seu consumo regular contribui para a regulação do ciclo e previne a menopausa precoce.

 

Óleo de Orégano:
1 Frasco de vidro com tampa esterilizado
¾ Do frasco de azeite de oliva óleo de amêndoas ou óleo de semente de uva
10g de orégano macerado ou picado (a quantidade varia de acordo com o tamanho do frasco)

Com o frasco esterilizado 6 à 8 horas antes do preparo adicione o orégano picado ou macerado e adicione o azeite de oliva aquecido (sem ferver) sobre o orégano, feche bem o frasco e deixe repousar em local seco, fresco e escuro por 14 dias. Depois é só coar e guardar novamente o óleo no frasco, o óleo pode ser usado em massagens e nos alimentos.

Dica: combina perfeitamente com tomate, alho, manjericão, azeite e queijos.

Chá:
1 colher pequena de Orégano desidratado
1 xícara de água

Levar ao fogo até levantar fervura, desligar e abafar por 3 minutos. Tomar morno, de preferência sem açúcar ou adoçante, de 3 a 4 vezes ao dia.

#GRCondimentos #PitadasDeSabor #SaborESaúde #Orégano

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *